Ofertas

Pesquisar este blog

Visualizações de página

domingo, 18 de maio de 2014

Acreditar em candidato é o mesmo que acreditar em coelhinho da páscoa.

Todo ano de eleição é a mesma história. Abraçam o povo, beijam o povo, visitam favelas, visitam comércios e até comem salgados para dizerem que são humildes, pegam crianças no colo, tiram fotos e fazem propagandas de diversos programas para melhorar a vida de todos. Depois de eleitos, somem, desaparecem, e somente voltam a aparecer quando são acusados de corrupção, tais como desvio de verba, lavagem de dinheiro, peculato, criação de cartel, enriquecimento ilícito e formação de quadrilha.
Todo ano de eleição é a mesma história. Abraçam o povo, beijam o povo, visitam favelas, visitam comércios e até comem salgados para dizerem que são humildes, pegam crianças no colo, tiram fotos e fazem propagandas de diversos programas para melhorar a vida de todos. Depois de eleitos, somem, desaparecem, e somente voltam a aparecer quando são acusados de corrupção, tais como desvio de verba, lavagem de dinheiro, peculato, criação de cartel, enriquecimento ilícito e formação de quadrilha.